Política

Justiça eleitoral de MS mantém inelegível vereador cassado por compra de votos

Em decisão unânime, o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) negou provimento ao embargo de declaração do vereador Neivaldo Francisco Bau, o Quexada (PTdoB), que foi cassado e julgado inelegível. A decisão a respeito do parlamentar de Mundo Novo foi publicada no Diário da Justiça Eleitoral desta quarta-feira (5). No ano passado, o vereador foi cassado por […]

Arquivo Publicado em 05/02/2014, às 11h45

None
1345815405.jpg

Em decisão unânime, o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) negou provimento ao embargo de declaração do vereador Neivaldo Francisco Bau, o Quexada (PTdoB), que foi cassado e julgado inelegível. A decisão a respeito do parlamentar de Mundo Novo foi publicada no Diário da Justiça Eleitoral desta quarta-feira (5).

No ano passado, o vereador foi cassado por abuso de poder econômico mediante prática de captação ilícita de sufrágio (compra de votos).

Durante a campanha de 2012, foram apreendidos cadernos e listas contendo nomes de eleitores, número de títulos eleitorais e cadastros pessoais.

Jornal Midiamax