Política

Prefeito faz queixa na Polícia contra autores de ‘Fora Bernal’ no Facebook

Prefeito pediu investigação porque usuários estariam usando o Facebook para incitar a população contra a sua administração e para pedir sua saída do cargo

Arquivo Publicado em 27/06/2013, às 19h44

None
599176274.jpg

Prefeito pediu investigação porque usuários estariam usando o Facebook para incitar a população contra a sua administração e para pedir sua saída do cargo

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), enviou um ofício para a Polícia Civil, pedindo a abertura de inquérito policial contra usuários que publicam “Fora Bernal!” no Facebook. Ele acusa alguns moradores de Campo Grande de usar as mídias sociais para incitar a população a sair às ruas e pedir a sua cassação.


Endereçado ao diretor geral da Polícia Civil, Jorge Razanauskas, o documento foi encaminhado para investigação na 1ª Delegacia de Polícia. São várias páginas com cópias do Facebook de usuários como o colunista do Midiamax, Nilson Pereira, e cidadãos comuns, como Dom Dico Dalpasquale e Eduardo Martins Miranda, o Dudu.


Dudu foi um dos líderes da organização que levou cerca de 70 mil pessoas às ruas de Campo Grande contra a corrupção. Nos três dias do ato, eles fizeram atos em frente à Prefeitura da Capital.


Em poucas palavras, o ofício 288/2013 ressalta que a intenção de tais usuários seria ‘induzir as pessoas a repetir o movimento já ocorrido em outros locais…’, se referindo possivelmente aos protestos ocorridos em outras capitais brasileiras e que também pediam a exoneração de alguns políticos.


O delegado Miguel Said, que investiga o caso, diz que analisará com muita cautela os comentários publicados, principalmente para averiguar se realmente existem ameaças ao prefeito, bem como apologia ao crime.


Há algumas horas, o colunista faz um questionamento e cita Bernal. Ele diz: “Cadê o Ministério Público? Os deputados condenaram hoje, Assembleia Legislativa, a falta de comida nos Ceinfs de Campo Grande. Também não consigo entender cadê os kits dos alunos da Rede Municipal que ainda não foram entregues… A Prefeitura vai pagar como se as crianças tivessem recebidos os uniformes e as outras “cositas” no inicio das aulas. Mas, até agora nada. MP encima do alcaide…pelo amor às criancinhas.”


O texto vem seguido de uma foto do prefeito e posts, como de Rachel Porto, que alega que ‘o presidente da Câmara caiu e porque o Bernal que faz bem pior não cai? Tem algo de muito podre no nosso reino de CG/MS…Fora Bernal! Cadê os manifestantes a luta ainda não acabou. Fora Bernal!


Em seguida, Dom Dico Dalpasquale escreve que ‘gostou dos vândalos no cangote dos políticos…depois que foram pra rua e os deputados e senadores fizeram mais em dois dias do que em quatro anos…e dê vândalos neles!!!’, argumenta.


Os comentários estariam ocorrendo há vários dias. Recentemente, o prefeito também pediu providências com relação a ‘ironias’ escritas  por outro jornalista.


Questionado sobre as publicações, o colunista do Midiamax disse que ‘irá continuar publicando as mazelas do prefeito’.


“Tenho a minha liberdade de expressão como qualquer cidadão. Assim como ele, publico o que quiser no meu perfil na internet. E não estou incitando ninguém a sair nas ruas para falar mal dele, são pessoas adultas que sabem muito bem o que querem. Acho mai até que é o clamor do povo que quer que ele saia”, afirma Pereira.


Jornal Midiamax