Política

Vereador Alex propõe outras utilidades para a Cidade do Natal

Idealizada pela Administração Municipal para ilustrar as comemorações populares de final de ano, a Cidade do Natal pode ser aproveitada para outras finalidades de interesse coletivo e com apoio do poder público. É o que defende o vereador Alex (PT), ao sugerir que o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) e a primeira-dama Antonieta Amorim Trad, […]

Arquivo Publicado em 11/01/2012, às 17h15

None

Idealizada pela Administração Municipal para ilustrar as comemorações populares de final de ano, a Cidade do Natal pode ser aproveitada para outras finalidades de interesse coletivo e com apoio do poder público. É o que defende o vereador Alex (PT), ao sugerir que o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) e a primeira-dama Antonieta Amorim Trad, idealizadora da iniciativa, disponibilize na Cidade do Natal para uso comunitário em projetos culturais, de arte e de utilidade pública, com a supervisão e a participação dos órgãos públicos municipais.


“A área é bastante ampla e a Cidade do Natal já se tornou um endereço permanente entre os melhores roteiros de lazer e entretenimento da cidade. A questão é que esse usufruto ainda está restrito ao período natalino, já que no restante do ano, de janeiro a novembro, o espaço fica sem utilidade, vazio”, argumenta Alex.


“Manter essa área em atividade traz alguns benefícios importantes, principalmente os de oferecer nova alternativa de usufruto à coletividade e até mesmo como reforço à manutenção da estrutura existente”, completa o vereador petista.


Alex vai oficializar a proposta logo que a Câmara Municipal reabrir após o recesso e acredita que os vereadores darão total apoio. “Estou certo também que o próprio prefeito e a primeira-dama também não se negarão a otimizar o alcance social desse projeto, dando a ele utilidade máxima e permanente”, enfatizou.


O vereador descreve, entre outras atividades que podem ter abrigo na Cidade do Natal, as mostras de artes plásticas e artesanato, dança, manifestações de folclore regional, cinema e campanhas de utilidade pública e conscientização ambiental. “Seguramente, as escolas, os professores, estudantes, universidades, organizações artístico-culturais e clubes de serviço de pronto abraçarão essa alternativa e se integrarão às iniciativas do poderpúblico”, concluiu.


(Com informações da assessoria de comunicação)

Jornal Midiamax

☰ Últimas Notícias