Política

Depois do PSDB, PMDB reúne cúpula nacional em Campo Grande para debater eleições

No próximo sábado (28), a cúpula nacional do PMDB virá a Campo Grande para debater as eleições municipais. O partido apresenta 70 pré-candidatos, dos quais pelo menos 65 devem disputar a sucessão das 79 prefeituras de Mato Grosso do Sul. Também vão reforçar o evento as principais lideranças da legenda no Estado. Confirmaram presença no […]

Arquivo Publicado em 23/04/2012, às 16h32

None

No próximo sábado (28), a cúpula nacional do PMDB virá a Campo Grande para debater as eleições municipais. O partido apresenta 70 pré-candidatos, dos quais pelo menos 65 devem disputar a sucessão das 79 prefeituras de Mato Grosso do Sul. Também vão reforçar o evento as principais lideranças da legenda no Estado.


Confirmaram presença no ato político o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (RO); o senador Roberto Requião (PR); o ex-governador do Espírito Santo, Paulo Hartung; e o deputado federal Eliseu Padilha (RS). O governador André Puccinelli, sua vice Simone Tebet e a bancada federal e estadual do partido também prometem participar do encontro.


O tema do evento, segundo o presidente regional da sigla, Esacheu Nascimento, será “o PMDB e as administrações municipais”. “Vamos discutir o papel do partido nos municípios e as lideranças nacionais vão trazer suas experiências”, destacou. 


A meta também é incentivar a participação no curso de preparação para as eleições. “Quem concorrerá no pleito obrigatoriamente precisará passar pelo curso”, frisou Esacheu. Segundo ele, o partido tem 70 pré-candidatos a prefeito. “Todos estarão presentes no evento e acredito que pelo menos 65 vão disputar as eleições de outubro”, disse.


Resposta aos tucanos


Na semana passada, o PSDB reuniu em Campo Grande a cúpula nacional do partido para lançar a pré-candidatura do deputado federal Reinaldo Azambuja, a prefeito da Capital. Depois de dezenas de anos juntos, o partido promete romper parceria com o PMDB e partir para o enfrentamento. O presidenciável, senador Aécio Neves (MG), foi a principal estrela tucana a participar do ato político.
Sábado, o PMDB promete mostrar sua força para manter sua hegemonia no comando da Prefeitura de Campo Grande.

Jornal Midiamax