Política

PMDB exclui pré-candidato a prefeito de Dourados já na pesquisa do partido

O radialista Marcelo Mourão teve seu nome retirado da lista de cinco pré-candidatos do PMDB que constaria na consulta que o partido faria junto à população para indicar o candidato peemedebista a Prefeitura de dourados. Mourão que é secretário parlamentar do deputado federal Marçal Filho disse que “na noite 15 de dezembro, tomei conhecimento de […]

Arquivo Publicado em 16/12/2010, às 20h27

None

O radialista Marcelo Mourão teve seu nome retirado da lista de cinco pré-candidatos do PMDB que constaria na consulta que o partido faria junto à população para indicar o candidato peemedebista a Prefeitura de dourados.


Mourão que é secretário parlamentar do deputado federal Marçal Filho disse que “na noite 15 de dezembro, tomei conhecimento de que o meu nome não consta na pesquisa qualitativa e quantitativa em andamento para avaliar o desempenho dos pretensos candidatos do partido à disputa eleitoral que se avizinha”.


O radialista disse que deseja participar desse processo. “Eu imaginava ser democrático, termina a partir do momento em que não se cumpre o acordado”, explicou ao lembrar que “em 2000, vivi minha primeira disputa eleitoral e naquela época, aos 18 anos de idade, como candidato a vereador pelo PSB, pude participar de um novo momento da história política de Dourados e obtive 212 votos, sendo o sexto mais votado de um grupo que totalizava vinte e seis candidatos”.


Em 2003, filiou-se no PMDB e no ano de 2008 voltou a disputar o cargo de vereador obtendo 866 votos, sendo o quarto mais votado de um total de dezenove candidatos peemedebistas.
Marcelo Mourão ficou indignado com a retirada do seu nome da pesquisa e afirmou que “eu meu grupo, a partir daqui, tomaremos um novo caminho, sem que para isso precisemos vender ou negociar nossos ideais”.


A pesquisa contratada pela direção do PMDB terá apenas como pré-candidatos a prefeita interina Délia Razuk, o vereador Laudir Munaretto, o deputado federal Geraldo Resende e o empresário e secretário municipal de obras Antonio Nogueira.

Jornal Midiamax