A polícia ainda faz buscas pelo motociclista que atropelou e matou o menino de 3 anos, Luiz Adryano Rodrigues, em Campo Grande, no bairro Paulo Coelho Machado, no domingo (21). O menino atravessava a rua quando foi atropelado.

Logo após o atropelamento, o motociclista fugiu e não foi encontrado. Depois do acidente, quando alguns moradores tentaram segurar o autor, ele foi visto em uma conveniência, na Rua Catiguá. Uma parte da motocicleta ainda ficou no local do acidente.

Muito abalada, a família se despediu do pequeno Luiz na tarde de segunda-feira (22). O clima era de tristeza e sentimento de revolta entre familiares e amigos, que cobram por justiça. “Ele não vai acordar. Eu quero meu filho de volta”, dizia desesperadamente a mãe do menino.

Um amigo da família relatou que pai e filho eram muito parceiros. “É um sentimento de tristeza e revolta, porque foi muito instantâneo. O pai dele até comentou comigo no sábado que o Luiz era muito parceiro, pois aonde ia, ele o acompanhava. Ele também disse que quando era jovem, fez tanta coisa e agora que virou pai, que estava amadurecendo como pai, e acontece isso”.

O atropelamento

O acidente aconteceu na tarde de domingo (21) no bairro Paulo Coelho Machado. O menino estava em frente de casa, na Rua Maria de Lourdes Vieira de Matos, quando atravessou a rua e um motociclista o atropelou e fugiu em seguida. Com o atropelamento, um pedaço da moto acabou ficando no local.

A criança foi levada para a Santa Casa, mas não resistiu e morreu por volta das 17 horas. Uma testemunha disse que o autor estava em uma motocicleta, cor preta, e que logo após atropelar a criança, fugiu, sendo visto em uma conveniência na Rua Catiguá.