A motociclista Janaína Catiussa Santana da Silva, de 40 anos, que morreu após bater motocicleta em muro, é velada nesta segunda-feira (15), no Cemitério Memorial Park, em Campo Grande. O acidente foi registrado no final da tarde deste domingo (14), na rotatória das avenidas Rachid Neder com a Monte Castelo.

A vítima deixa dois filhos adolescentes. Equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) tentou reanimá-la por cerca de uma hora, mas a motociclista não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O velório de Janaína ocorre desde as 9h e segue até as 14h, horário em que o corpo da vítima será sepultado.

Nas redes sociais, amigos de Janaína expressam luto pela perda precoce da motociclista. “Que Deus te receba de braços abertos. Lamentável tudo isso”, disse uma das amigas.

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, o acidente ocorreu por volta das 16h e chovia bastante. Janaína seguia pela Avenida Monte Castelo quando, por motivos ainda desconhecidos, perdeu o controle da motocicleta ao adentrar a rotatória.

Marcas de sangue ainda estão no local – (Alicce Rodrigues, Jornal Midiamax)

A motociclista bateu a motocicleta no meio-fio e depois atingiu o muro de um condomínio na região. A vítima não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Rotina

Trabalhadores da região contaram que os acidentes no local ocorrem rotineiramente. “Pelo menos uma vez por mês tem um”, disse um funcionário de um posto de combustíveis.

Segundo relato dele, os acidentes ocorrem, normalmente, entre veículos, porque a rotatória é muito movimentada, principalmente em horário de ‘pico’. “Esse caso foi incomum. Acontece mais com motocicleta mesmo, mas geralmente é batida de veículos”.