O fim de semana foi violento em Mato Grosso do Sul, onde foram registradas 7 mortes em acidentes de trânsito. Entre a sexta-feira (10) e domingo (12) aconteceram 11 acidentes. No domingo (12) um acidente com 3 veículos resultou na morte de duas pessoas, sendo uma vítima carbonizada e a outra decapitada. 

Mortes no trânsito

Na tarde de sexta-feira (10), Roberto Cristaldo, de 55 anos, morreu após cair de um trator e o veículo o atropelar em Corguinho, cidade a 325 km de Campo Grande. Conforme o boletim de ocorrência, o acidente aconteceu por volta das 14h na frente da porteira da fazenda Ponte Velha, área rural da cidade, próximo da região do Taboco.

O motorista do trator contou aos policiais que estava trafegando com o trator pela estrada de chão quando a vítima, que não mora na região, pediu uma carona. Roberto trabalhava em uma carvoaria. Ao chegarem na frente da fazenda, o homem se desequilibrou e caiu. O trator acabou passando por cima do corpo da vítima, matando-o na hora.

Ainda na sexta-feira (10), um motorista morreu e o outro ficou gravemente ferido em um acidente na BR-163 entre Rio Verde de Mato Grosso e Coxim. Os dois veículos Jeep Renegade bateram de frente depois que um deles invadiu a pista contrária.

Segundo publicou o site local, Coxim Agora, o motorista do Jeep Renegade, de cor preta, que seguia sentido Rio Verde a Coxim teria invadido a pista contrária e batido no veículo de mesmo modelo, de cor prata.

No sábado (11), o ciclista idoso Eladislau Bento, de 84 anos, morreu após ser atropelado por um veículo Renault Captur, conduzido por uma mulher, no cruzamento das ruas Tiradentes com a Dom Pedro II, em Caarapó.

O acidente aconteceu por volta das 9 horas, quando Eladislau seguia pela rua Tiradentes e no cruzamento com a Dom Pedro II foi atingido pelo carro, segundo informações do site local Caarapó News. No cruzamento há uma rotatória.

Ainda na manhã de sábado (11), Wender Santos Silva morreu após o carro que conduzia capotar em uma estrada vicinal de Taquarussu. A passageira do veículo foi socorrida com ferimentos leves. O jovem conduzia um VW Gol na estrada vicinal que dá acesso ao Bairro São João, na saída da cidade, quando Wender teria perdido o controle da direção.

O veículo saiu da pista e capotou atravessando uma cerca de arame e parou no pasto de uma fazenda.

Na madrugada de domingo (12), um acidente fatal terminou com a morte do jovem Flávio Augusto Salina Benites, aos 22 anos, em Bela Vista, município distante a 323 km de Campo Grande. O caso ocorreu na região central.

Conforme informações do Portal Jatobá News, o rapaz dirigia uma Volkswagen Saveiro preta quando o veículo chocou-se contra uma árvore no canteiro central da Avenida Tribuna da Fronteira, esquina com a Rua Alcebíades Bobadilha da Cunha, próximo ao estádio Otávio Fontoura.

Outro acidente fatal grave ocorreu no domingo (12), envolvendo duas carretas e um Fiat Toro na BR-163, nos fundos do bairro Moreninhas, em Campo Grande. Um dos caminhoneiros envolvidos, identificado como Enio Francisco Mai, morreu carbonizado e o motorista do Fiat Toro morreu decapelado.

Informações são de que o motorista do Fiat Toro teria tentado fazer uma ultrapassagem indevida. Ele seguia sentido shopping Bosque dos Ipês. Ao fazer a ultrapassagem de uma carreta, o motorista se deparou com outro caminhão que vinha no sentido oposto.

O motorista do caminhão de milho tentou ‘tirar’ o veículo para o acostamento quando acabou batendo na carreta que estava carregada com frutas e no Fiat Toro que fazia a ultrapassagem. Com a colisão, a carreta com milho pegou fogo e o caminhoneiro acabou morrendo carbonizado.

Em relação aos acidentes de trânsito sem vítimas fatais, na manhã de sexta (10), um homem, de 30 anos, que conduzia um Fiat Cronos perdeu o controle da direção e o carro capotou ao tentar desviar de um caminhão na MS-395, em Bataguassu.

Ele seguia sentido a Brasilândia e um caminhão desviou de um galho de árvore no meio da pista. Para evitar colidir contra o veículo, ele jogou o carro para o acostamento esquerdo. Ao jogar o carro, o condutor perdeu o controle da direção, bateu em um morro e capotou em seguida, conforme publicou o site Cenário MS.

No sábado (11), o motorista de um carro foi socorrido sem ferimentos graves depois de bater o veículo que conduzia na traseira de uma carreta na BR-163 em Rio Brilhante. O acidente aconteceu no trecho entre rio Brilhante e Douradina, próximo da ponte do córrego Laranja Doce. Por motivos desconhecidos, o motorista do Chevrolet Cruze bateu na traseira de uma carreta carregada de milho e em seguida pegou fogo.

Ainda no sábado (11), durante a tarde, um motorista esqueceu de puxar o freio de mão e o caminhão desceu rua desgovernado, Vila Santo Eugênio, região do bairro Universitário. Conforme divulgado pelo Passeando em Campo Grande, o motorista teria estacionado e sem puxar o freio de estacionamento, o veículo desceu a rua e acabou acertando um Honda Civic.

E em Chapadão do Sul, cidade localizada a 329 quilômetros de Campo Grande, um motociclista, de 27 anos, sofreu alguns ferimentos após um acidente com uma caminhonete, na Avenida Paraná com a Rua Guarapuava, na tarde de sábado (11).

Segundo o site local Chapadense News, o motociclista sofreu escoriações na perna direita e foi levado pelo Corpo de Bombeiros ao pronto-socorro no hospital. O motorista da caminhonete, de 63 anos, nada sofreu. 

Finalizando os acidentes registrados durante o fim de semana, no domingo (12), um traficante que não teve a identidade divulgada, ficou gravemente ferido depois que capotou o carro que conduzia, um VW Voyage. O acidente aconteceu na BR-267, na região do distrito Pana, em Nova Alvorada do Sul.

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem fugia de uma equipe da PMR (Polícia Militar Rodoviária), quando colidiu contra uma carreta. Com a colisão, o traficante ficou preso nas ferragens e a droga que estava no carro, foi espalhada pela rodovia.