O caminhoneiro que provocou o acidente com um Ford Ecosport, em trecho de bifurcação que separa os sentidos da via no macroanel em Campo Grande, próximo ao aterro sanitário, região do bairro Los Angeles, disse que um farol alto o teria ‘cegado’. Com a batida, o veículo foi parar a 18 metros do local do acidente.

Ele contou que havia carregado uma carga em e estava trafegando no sentido ao posto de Caravagio, sendo que disse que estava muito escuro, com baixa iluminação, alegando que teve sua visão prejudicada pelo farol alto de um veículo, e que logo em seguida iniciava um canteiro que divide as pistas da rodovia.

Para não bater no canteiro, ele acabou por desviar a direção do caminhão para a esquerda e invadiu a contramão de direção, batendo contra o Ford Ecosport que transitava no sentido oposto. 

O motorista, identificado como Alexandre, de 47 anos, morreu preso nas ferragens. A esposa da vítima e o sogro foram socorridos e encaminhados para o hospital. Foi feito o teste do bafômetro no caminhoneiro que deu negativo para embriaguez. Ele foi levado para a para ser ouvido.