Polícia / Trânsito

Esquina onde caminhão atingiu e matou motociclista não tinha sinalização

O motorista passou direto pelo cruzamento

Renata Portela Publicado em 30/08/2021, às 13h38

Motociclista morreu no local do acidente
Motociclista morreu no local do acidente - (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

A Polícia Civil já identificou o caminhoneiro, apontado como responsável pelo acidente que vitimou Juciara de Oliveira Batista, de 43 anos, na manhã desta segunda-feira (30). O motorista acabou invadindo a preferencial em um cruzamento no Pioneiros, onde, segundo a polícia, não havia placa de Pare e a sinalização horizontal estava apagada.

Conforme informações do registro feito na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, Juciara seguia pela Rua Bernardo Guimarães, que é a preferencial, na motocicleta Honda Biz. Ao passar pela Rua Luiz Pereira, ela acabou atingida e arrastada pelo caminhão Mercedes-Benz.

As equipes policiais apuraram no local que, na esquina onde o caminhão passou, não havia sinalização vertical, ou seja, a placa de Pare. Pelo vídeo, é possível ver a placa apenas do outro lado da rua. A sinalização horizontal, na rua, também já estava apagada. Ainda conforme as imagens de câmeras de segurança, o caminhoneiro não chega a parar no cruzamento.

Após constatar que a vítima morreu no local, o caminhoneiro fugiu, deixando apenas o passageiro no local. Ele foi identificado e é procurado. Ainda segundo a polícia, ele responderá pelo homicídio culposo, por afastar-se o condutor do local do acidente e ainda por não prestar imediato socorro à vítima.

Jornal Midiamax