Polícia / Trânsito

Condutor atropela ciclista na BR-163 e carrega corpo no para-brisas por 500m

Jovem retornava do trabalho para casa

Midiamax Publicado em 19/02/2017, às 11h52

None
thumb.jpg

Jovem retornava do trabalho para casa

O ciclista Geovani e Carmen Davi, de 19 anos, morreu neste sábado (18) após ser atropelado por um veículo Gol, na BR-163 entre Rio Brilhante e Douradina, a 194 quilômetros da Capital. O corpo chegou a ser carregado por cerca de 500 metros no para-brisa do carro.

Conforme o Siliganews, o acidente ocorreu, por volta das 21h40, na altura do quilômetro 304 da rodovia. Geovani era morador em um assentamento indígena, localizado as margens da BR-163, no distrito de Bocajá em Douradina.

A vítima seguia de bicicleta e ao tentar atravessar a rodovia acabou atropelada.

O condutor, de 28 anos, disse que seguia sentido Rio Brilhante, e o ciclista entrou repentinamente na rodovia, sendo impossível evitar a colisão.

De acordo com familiares, Geovani retornava de uma fazenda na região onde trabalhava.

Jornal Midiamax