Quatro cachorros foram encontrados com sinais de maus-tratos na Vila Kellen, em Campo Grande, na manhã desta quarta-feira (24). Dois deles apresentavam sinais de cinomose – doença infectocontagiosa que afeta cães causada por um vírus.

A Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista) recebeu denúncias e foi até o local para averiguar a situação dos animais. Ao chegar a casa, a equipe encontrou dois cachorros aparentemente saudáveis e outros dois doentes com sinais de cinomose.

Conforme o Delegado Bruno Urban, os animais não conseguiam nem andar. No local, foi constatado que tinha comida, porém, havia sido colocada há cerca de 3 a 4 dias, o que não é correto, pois segundo o delegado, a comida para cães deve ser fresca. 

Em contato com um morador da casa, a polícia foi informada que o mesmo cuida dos cães com ajuda de um tio, que mora em Corumbá. O mesmo autorizou a entrada da equipe na residência e disse que apenas chega ao local e deixa comida e água para os animais. 

O familiar também informou à polícia que não está na Capital e retorna na quinta-feira (25) e se comprometeu a ficar com os cães para cuidá-los e alimentá-los. 

Diante disso, o dono dos animais será indiciado por maus-tratos na Decat.