Policiais da Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) e a (Agência Estadual de defesa Sanitária Animal e Vegetal) apreenderam produtos de origem animal clandestina, em , cidade a 238 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a polícia, a ocorreu com intuito de inibir a comercialização de produtos clandestinos de origem animal. Em um mercado foi localizado, no açougue, câmara fria e expositores de resfriados e congelados, carnes, leite e queijo de origem clandestina.

Ainda de acordo com a polícia, no local também havia produção clandestina de linguiças e outros produtos, sem autorizações e inspeções necessárias. Além disso, também foram apreendidas no local, mais de 30 caixas de fogos, cuja comercialização é proibida, conforme a Lei Ordinária N° 1.268 de 26 de maio de 1992.

A proprietária do mercado foi encaminhada a 1ª Delegacia de Jardim onde foi autuada em flagrante.