A PMA ( Ambiental) interditou uma construção irregular de um pesqueiro nas margens do rio , dentro da área de preservação permanente na região de Porto Morrinho, em , cidade a 446 quilômetros de .

Policiais ambientais do Posto Avançado Buraco das Piranhas, em patrulhamento terrestre nesta terça-feira (09), flagraram a construção do empreendimento de e recreação com cerca de 378 m². No mesmo local, anteriormente, havia um hotel em funcionamento.

O proprietário informou que não possuía autorização ambiental para realizar a intervenção. Os agentes lavraram auto de infração no valor de R$ 5 mile as atividades foram paralisadas por construir ou fazer funcionar estabelecimento potencialmente poluidor sem licença ou autorização do órgão ambiental competente.

A Polícia Militar Ambiental informa sobre a importância de observar a legislação ambiental antes de realizar qualquer intervenção ambiental, principalmente em áreas de preservação permanente, devido à sua importância para a conservação da biodiversidade e dos recursos naturais