Duas mulheres que integram a “Gangue das Patroas” foram presas na tarde de quarta-feira (21), após furtarem produtos de uma loja no centro de Campo Grande. A prisão foi realizada por policiais do 1º Batalhão da Polícia Militar.

O furto foi flagrado por um funcionário da loja. Ele acionou a Polícia Militar e as mulheres foram presas na Rua 13 de Maio, logo após cometerem o crime.

Elas estavam dentro de um carro. No veículo foram encontrados lenços umedecidos, potes de Nutella, ovos de Páscoa, roupas infantis, sabonetes líquidos, furtados da loja.

O carro usado no furto estava com restrição administrativa. O veículo foi apreendido e encaminhado ao pátio do Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul).

As mulheres foram conduzidas para a Delegacia de Polícia Civil, autuadas em flagrante pelo crime de furto qualificado pelo concurso de pessoas. O caso é investigado.

Produtos furtados foram recuperados (Foto: Divulgação Polícia Militar)

Gangue das Patroas

O grupo criminoso ficou conhecido como “Gangue das Patroas” por contar com a participação apenas de mulheres. Os alvos são lojas de diferentes seguimentos. As mulheres entram nos comércios fingindo serem clientes e fogem com produtos furtados.

Em maio de 2022, cinco mulheres foram acusadas por furtos na região central de Campo Grande, cometidos todos da mesma forma.

Diversas prisões de integrantes do grupo já foram realizadas em Campo Grande. Em uma das ocasiões, duas mulheres foram presas após serem flagradas com mais de 60 peças de roupas furtadas no centro da Capital.

Em outubro de 2023, um segurança foi agredido com golpes de porrete ao tentar impedir que uma das mulheres saísse de um supermercado com 12 potes de Nutellas.