O , de 68 anos, que matou Jhonatan Lucas Vieira Magalhães, de 29 anos, a tiros em uma fazenda em São Paulo no último domingo (21), se apresentou à polícia dois dias depois do crime. A vítima era moradora da cidade de Bataguassu, a 335 quilômetros de Campo Grande.

O idoso era considerado foragido, já que o delegado havia pedido a temporária, que foi decretada.

O autor foi ouvido e encaminhado para o CDP (Centro de Detenção Provisório) de Caiuá. A onde o crime aconteceu fica na estrada vicinal da Aymoré, na divisa entre Presidente Venceslau e Caiuá.

O idoso era capataz da fazenda e a vítima também trabalhava lá. Após discussão, cujo motivo não foi esclarecido, o homem atirou contra Jhonatan.