Uma de 77 anos foi agredida, amordaçada, ficando em cárcere privado durante um , em sua residência, na cidade de , a 430 quilômetros de . Um dos autores do crime seria a nora da vítima.

A polícia foi chamada por volta das 2 horas da madrugada desta sexta-feira (12), quando um vizinho ouviu gritos de socorro da mulher. No momento em que os policiais chegaram, chamaram pela idosa, mas ela não respondia. Já na terceira vez, a idosa começou a gritar por socorro.

Em seguida, os policiais entraram na casa pelos fundos e encontraram a idosa que contou que a nora apareceu em sua residência batendo na porta pedindo para entrar para pegar um saco de que havia esquecido. Mas, a idosa pediu para que voltasse pela manhã.

A vítima, então, ouviu um homem falando ao fundo e, posteriormente, a dupla pegou uma enxada para arrombar a porta. Quando entraram na residência, a idosa foi agredida com socos na cabeça, no rosto e foi amordaçada.

Ela ainda foi arrastada pelos cabelos e a nora ligou música alta para que os vizinhos não ouvissem os gritos. A dupla passou a revirar a casa e encontrou um saco dentro do guarda-roupa com R$ 200. Eles foram embora em seguida.

Um vizinho chamou a polícia. Uma ambulância fez o socorro da idosa que estava com vários hematomas. A dupla não foi encontrada.