A família de uma de 71 anos procurou a delegacia na noite desta quarta-feira (17), em , depois da mulher ter o intestino perfurado durante um exame de colonoscopia.

O familiar contou que a idosa foi até uma clínica para fazer o exame, no dia 4 deste mês, sendo que o médico que a atendeu durante a realização dos exames afirmou que a idosa estava com uma distensão na barriga, a encaminhando para a .

Mas, ao chegar ao hospital, foi informado à família que a idosa estava com duas perfurações de 5 e 15 centímetros no intestino. Quando questionaram o médico que atendeu a idosa na clínica, ele disse que a vítima já tinha problemas intestinais e que o ocorrido foi uma fatalidade.

O caso foi registrado como de natureza grave.