Polícia Civil prendeu um homem de 24 anos responsável por cigarros eletrônicos, Power Honey, conhecido como “melzinho do amor” e demais produtos contrabandeados em Campo Grande, nesta quinta-feira (08), no Bairro Nashiville em Campo Grande.

A Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) foi quem fez a prisão e apreensão. O produto conhecido por “melzinho do amor”, contém sildenafil, princípio ativo do viagra.

Segundo a polícia, a venda no Brasil do mel do amor não é regulamenta e foi proibida pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Ao todo, foram apreendidos mais de 500 cigarros eletrônicos, 80 Power Honey, cigarro do Paraguai, tabaco de diversas nacionalidades, caixas de bebidas importadas, em um total da mercadoria estimada em R$ 300 mil reais. O proprietário foi autuado em flagrante por expor a venda produto improprio para consumo, contrabando e descaminho e será apresentado ao juiz da custódia da Justiça Federal.

O depósito possuía documentação para armazenamento para outros produtos e não teve sua atividade interrompida.