Nesta segunda-feira (20), homem de 30 anos foi preso em flagrante por venda de sem procedência, imprópria para o consumo. Ele foi detido entregando o alimento em restaurantes de Nova Andradina, a 298 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o registro policial, equipe da viu a picape branca na frente de um restaurante. A placa do veículo estava quase caindo e foi identificado que o licenciamento estava atrasado.

Assim foi feita abordagem e os policiais encontraram no compartimento de cargas as embalagens com carnes. O alimento estava embalado sem qualquer descrição ou selo, sem condições de refrigeração e nem higiene.

O motorista ainda relatou que já tinha entregado carne em alguns restaurantes. Ainda segundo a polícia, ele já foi alvo da polícia há 10 dias.

Na ocasião, foi autuado pelo (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul) e Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo).

O suspeito acabou preso em flagrante pelo comércio da carne sem procedência. Ainda foram apreendidos mais de 140 quilos de carne, moída e também em pedaços.