Um público de 30 anos, que trabalha como administrador de um parque público no bairro Aero Rancho, em , foi preso no domingo (8), após agredir a companheira.

Conforme o boletim de ocorrência, o casal passou a discutir por suspeita de do rapaz, quando ele teria a agredido com o cabo de uma vassoura, além de agressões com socos. Segundo a vítima, ele teria a enforcado com a intenção de matá-la e a ameaçado de morte.

Já o rapaz disse que revidou as agressões; ele não possuía lesões aparentes. Entretanto, ela apresentava hematomas na coxa, na cabeça, no rosto e estômago.

Uma equipe da Polícia Militar realizou a prisão e o encaminhou para a (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Em nota, a Funsat (Fundação Social do Trabalho) informou que o trabalhador não é administrador do Parque Ayrton Senna, mas um beneficiário do PRIMT (Programa de Inclusão ao Mercado de Trabalho). “A pasta destaca que repudia toda e qualquer forma de violência e que aguardará a tramitação de todos os processos e inquérito policial, conforme manda a lei. Dependendo da decisão, o trabalhador será excluído do programa”.

*Material atualizado para acréscimo de informações às 8h20 de terça-feira (10).