Semed (Secretaria Municipal de Educação) de publicou uma nota de pesar após a morte da servidora Albina de Freitas, esfaqueada várias vezes pelo ex-marido na tarde desta terça-feira (28)

Em uma publicação nas redes socais da pasta, a Secretaria disse que se solidariza com a família e amigos da servidora Albina de Freitas, pelo seu falecimento vítima de .

Neste momento de profunda dor e pesar, a administração manifesta aos familiares e amigos as mais sinceras condolências.

Albina de Freitas era servidora pública municipal e atualmente, trabalhava na Municipal Nazira Anache. Albina de Freitas deixará muitas saudades, disse o comunicado.

O caso

Albina de Freitas, de 49 anos, faleceu na Santa Casa de Campo Grande vítima de feminicídio, nesta terça-feira (28). Ela foi esfaqueada várias vezes pelo ex-marido quando seguia para o trabalho, no Nova Lima.

Albina ainda foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) e deu entrada na área vermelha do hospital. No entanto, sofreu parada cardiorrespiratória e acabou falecendo.

O ex-marido, que foi preso em flagrante, deve responder pelo feminicídio. A delegada Karen Viana, da (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), chegou a relatar que faria o pedido da prisão preventiva do autor.

Albina faria aniversário nesta quarta-feira

Albina de Freitas, de 49 anos, faria aniversário na quarta-feira, dia 1º de março. Ela foi vítima de feminicídio pelo ex-marido, de 52 anos, que foi preso em flagrante nesta terça-feira (28), em Campo Grande.

O crime aconteceu quando a vítima seguia para o trabalho, em uma escola municipal no Nova Lima. No caminho, o ex-marido discutiu e também agrediu a vítima.

Quando ela parou nas proximidades de um açougue, foi novamente abordada pelo ex-marido. Armado com uma faca, ele atingiu Albina várias vezes.