Jovem de 18 anos é suspeito de tentar matar a ex-namorada, uma adolescente de 17 anos, e agredir a própria mãe, que tentou impedir o ataque à menor de . O crime aconteceu na madrugada deste domingo (26), no Bairro Vida Nova II.

Segundo informações da menina, o relacionamento com o suspeito durou cerca de 3 anos, no entanto, a cerca de um mês a vítima decidiu terminar porque era proibida de sair de casa. Na noite de ontem, a adolescente foi até a casa do ex para buscar peças de roupas deixadas no local, no entanto, o homem entrou em surto. 

Depois de bater a própria cabeça contra a parede, o jovem partiu na direção da ex e a puxou pelos cabelos. A mãe do rapaz tentou intervir mas também foi agredida e afastada do local. 

Na sequência, o criminoso bateu a cabeça da menor de idade três vezes contra a parede e mordeu a mãe da bochecha depois de a mulher ligar para a polícia. 

Transtornado, o homem pegou uma e seguiu na direção da menina, que a todo tempo era ameaçada de morte. Para impedir que o pior acontecesse, a mãe do jovem novamente entrou em cena e passou a lutar com o filho até a chegada de viatura da polícia.

Com a chegada dos agentes, o suspeito impediu que a casa fosse aberta e ameaçou de morte as duas mulheres caso gritassem. Para resgatá-las, os policiais tiveram de invadir a residência. 

“Até agora estou sem acreditar, não imaginava que ele ia fazer isso, pesei que fosse ficar só na ameaça. A única coisa que eu quero é que ele fique longe de mim e da minha família”, comentou a adolescente em conversa com o Jornal Midiamax. Ela registrou o caso da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) de

Antes de ser preso, o rapaz bateu a cabeça da mãe contra o chão e passou a faca no próprio pescoço. Ele foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado para a (Unidade de Pronto Atendimento) do Nova Bahia, onde ficará sob escolta até ser preso.

Saiba Mais