Nesta terça-feira (28), policial resultou na prisão de um rapaz de 21 anos e de uma adolescente de 16 anos em Porto Murtinho, a 454 quilômetros de . O casal é suspeito do latrocínio que vitimou Jhon Willian Flores em Cascavel (PR).

Conforme as informações da Polícia Civil do Paraná, foi deflagrada operação nesta terça-feira, para localizar e prender os autores do crime. Jhon foi assassinado a facadas no dia 1º de março, durante uma corrida.

Assim, os suspeitos do latrocínio foram encontrados em Porto Murtinho e serão transferidos para o Paraná. Após a ação, o delegado Diego Ribeiro Martins explicou que Jhon foi escolhido de forma aleatória.

Isso, porque os suspeitos usaram uma pessoa de boa-fé para solicitarem a corrida. Esta mulher teria feito o pedido da corrida para o casal, após eles alegarem que estavam com pressa e pedirem ajuda.

Desta forma, a investigação para que os suspeitos fossem identificados foi dificultada. Ainda conforme o Catve, Jhon foi morto a facadas, teve o corpo ocultado e o carro também foi abandonado.

Após o crime, o casal tentou incendiar o veículo, sendo que comprou em um posto de combustível para isso. Já o corpo da vítima foi encontrado a aproximadamente 5 quilômetros do carro.

“É uma dor que a gente nunca mais vai conseguir esquecer”, lamentou a esposa de Jhon após a prisão e apreensão dos envolvidos.

Saiba Mais