O rapaz de 18 anos, que também é morador de rua e foi preso após ser flagrado atacando um homem, ainda desconhecido, com uma barra de ferro na noite de domingo (19), na Vila Santo Amaro, em Campo Grande, confessou o crime. Durante audiência de custódia nesta terça-feira (21), a foi convertida em preventiva.

Em frente ao juiz Albino Coimbra Neto, o rapaz contou que agrediu homem com uma barra de ferro na Avenida Presidente Vargas, por volta das 21 horas, porque quando seguia para o Bairro Nova Lima pegar comida jogada fora de um supermercado foi cercado pela vítima na rua com uma . O homem não o deixava passar.

Contou ainda que é ex-dependente químico, estando há um ano sem usar drogas. Disse ainda que o pai está preso e que não vê a sua mãe há um ano.

Conforme a decisão do juiz, foi homologada a prisão preventiva pelo fato do autor ter agido mediante grave ameaça e violência e maus antecedentes, além de não ter residência fixa. “Não obstante a pouca do custodiado, existe em sua folha de antecedentes cerca de 09 registros pela prática de ato infracional, o que evidencia personalidade voltada a prática de crimes, não restando dúvidas de que uma vez em liberdade é possível que volte a delinquir”, diz o juiz.

Um casal que passava pelo local viu o momento da agressão e chegou a gritar para que o autor cessasse, depois o casal seguiu viagem. Horas depois, quando voltavam para casa, visualizaram o suspeito na rua da Depac Cepol. Imediatamente eles correram e chamaram a polícia, que prendeu o rapaz e o encaminhou para a Depac Centro.

Como estava sem documentos, a vítima foi encaminhada para a Santa Casa de Campo Grande, como desconhecido.

Saiba Mais