A Polícia Civil, através da (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), em Campo Grande, divulgou o cartaz com a foto de ‘Procurado’ de Fairison de Souza Gaúna, de 25 anos, acusado de tentar matar a ex-mulher a tiros em Campo Grande, no dia 23 de setembro.

No cartaz, a polícia pede para quem tiver informações sobre o paradeiro de Fairison ligar para o telefone: (67) 99324-4898. Antes de fugir, ele rompeu a tornozeleira eletrônica, que usava devido ao crime de tráfico de drogas. Farison já está com mandado de prisão expedido contra ele.

No dia 27 de setembro, as delegadas deram informações sobre o caso à imprensa. De acordo com as delegadas, Elaine Benicasa e Analu Lacerda, na noite da sexta-feira, dia 22 de setembro, a ex-mulher de Fairison foi até a casa dele e começou a discutir com a atual e acabou desferindo facadas na cabeça da mulher, indo embora em seguida. A atual mulher de Fairison foi socorrida e levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), e já foi liberada.

Já no dia seguinte, a ex-mulher voltou à casa de Fairison. Segundo o depoimento da atual mulher do autor às delegadas, ela teria ido lá para saber como era rimar uma facada. Nesse momento, o homem saiu armado e a mulher teria dito: “Agora quero ver você atirar”. Em seguida, o autor atirou três vezes, sendo que um dos tiros falhou e a vítima foi atingida duas vezes no tórax.