A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou dois infratores em R$ 2,8 mil por transporte ilegal de 74 kg de peixes, durante ambiental na rodovia BR 487, via de acesso ao rio Paraná, em , cidade a 366 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a polícia, dois veículos, nos quais estavam sendo transportados diversas espécies de peixes de forma irregular, foram abordados neste domingo (19).

Ainda segundo a polícia, no interior do primeiro veículo abordado, um GM Montana, conduzido por uma mulher (31), moradora de Naviraí, a equipe verificou que a condutora estava transportando uma caixa térmica (isopor) com diversos pescados das espécies Pacu, Curimbatás, Barbados, Piavuçu e Armados, totalizando 51,5 kg. Ela alegou ter adquirido o pescado na região de Porto Caiuá, de um pescador profissional, com o intuito de revendê-lo no munícipio de Naviraí.

A mulher afirmou ainda à equipe de fiscalização que não possuía comprovante de origem ou qualquer autorização do órgão competente para o transporte dos peixes, o que se caracteriza infração administrativa. A infratora foi autuada administrativamente e foi multada pelo transporte irregular dos peixes e foi autuada em R$ 1.725,00.

Em seguida, em um veículo Mitsubishi L200, foi encontrada uma caixa térmica com vários pescados das espécies Curimbatá, Barbado, Pintado e Armado, sendo que todo pescado encontrado totalizou de 23,5 kg. Ainda, os Armados estavam desviscerados e sem a cabeça e a cauda, o que é proibido.

O homem que era passageiro do veículo, de 77 anos afirmou não possuir comprovante de origem ou autorização para o transporte dos peixes e que também havia comprado os peixes na região do Porto Caiuá, para consumo próprio. Assim, pelo transporte irregular dos peixes, ele foi autuado administrativamente, sendo arbitrada no valor de R$ 1.175,00 ao infrator, morador de Naviraí. Os 74 kg de pescado dos infratores foram apreendidos e serão doado para instituições filantrópicas.