A PMA (Polícia Militar Ambientasl) de Coxim fiscalizou 22 lanchas de grande porte e embarcações de amadora e profissional, 67 pescadores e apreende petrechos ilegais em 150 km no rio Taquari.

Policiais ambientais de Coxim estão realizando preventiva à pesca predatória no rio Taquari. Uma das equipes, comandada pela Capitã Thamara, Comandante da Companhia da PMA de Coxim, segue no sentido da região Conhecida como Caronal, a 150 km da cidade, local onde a pesca profissional e amadora é muito desenvolvida, devido a alta piscosidade e precisa de cuidados fiscalizatórios constantes.

De acordo com a polícia, até o momento, 6 lanchas pesqueiras de grande porte com pescadores amadores e profissionais foram fiscalizadas, além de 16 embarcações de pequeno porte com pescadores amadores, em um total de 67 pescadores e todos pescavam respeitando a legislação. De qualquer forma, a equipe os orientou sobre as normas de pesca no Estado. A equipe já retirou do rio e apreendeu 42 anzóis de galho e 15 boias fixas (petrechos proibidos).

Ainda segundo a polícia, se identificados, os pescadores que armaram os petrechos ilegais responderão por crime ambiental de pesca predatória. A para este crime é de um a três anos de detenção. Serão também multados administrativamente em valor de R$ 700 a R$ 100 mil. A PMA informa que continuará em fiscalização preventiva na, fundamental para evitar a depredação dos cardumes, especialmente, com uso desses tipos de petrechos ilegais que possuem alto poder de captura.

Saiba Mais