Teve alta médica na sexta-feira (17) a mulher de 29 anos, sobrevivente do grave acidente registrado há uma semana, dia 11, na BR-163. Quatro amigas da vítima faleceram na colisão entre carro e uma caminhonete, na saída de .

Em rede social, ela informou que recebeu alta médica e foi levada para casa às 22 horas. Inclusive, foi levada pelo Corpo de Bombeiros, sendo que um deles foi responsável pelo da vítima no dia do acidente.

Reprodução/Instagram

“Tenho muita gente para agradecer, principalmente a Deus, mas nesse momento só quero voltar para o colo da minha família e me preparar para os próximos desafios que precisarei enfrentar”, publicou.

Sobrevivente do grave acidente, ela passou por cirurgias e ficou internada por 5 dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da . Ela permaneceu na enfermaria até esta sexta-feira, quando teve alta.

Acidente grave na rodovia

Quatro mulheres morreram no grave acidente entre um Argo e uma Hilux, na BR-163. A colisão frontal acontece no trecho entre Campo Grande e Jaraguari.

As vítimas fatais foram identificadas como Carolina Peixoto dos Santos, Lais Moriningo Paim, Leticia de Mello da Silva e Kaena Guilhen Fernandes.

Ainda segundo a polícia, a motorista do Argo teria tentado uma ultrapassagem em local indevido, quando ocorreu a colisão frontal. Na caminhonete estava o padre, que seguia para Campo Grande.

Já as vítimas estavam a caminho de Rio Verde. O padre Wagner é sacerdote da Catedral Nossa Senhora da Abadia e Santo Antônio de Pádua e voltava do sítio de acampamento. Ele chegou a ser internado e não teve ferimentos graves, recebendo alta durante a semana.

Carolina, Lais, Kaena e Letícia, vítimas de acidente na noite de sexta. (Foto: Reprodução Facebook)