Na última sexta-feira (24), duas mulheres foram presas no aeroporto de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande. Uma estava com cápsulas de cocaína no estômago e a outra seria a recrutadora.

Segundo a Polícia Federal, as duas mulheres estavam bastante nervosas durante entrevista. Elas são do e, com a suspeita, os agentes vistoriaram as bagagens.

No entanto, nada foi encontrado nas malas. Ainda assim, elas foram levadas ao e passaram por exames de raio X.

Em uma das suspeitas foram identificadas as 130 cápsulas de cocaína. Já a outra mulher a acompanhava e seria recrutadora. As duas seguiriam para Florença, na Itália, onde entregariam a droga.

Assim a foi presa em flagrante. A mulher passou por cirurgia e ficou internada até esta quarta-feira (29), após expelir a droga. Foram apreendidos 800 gramas de cocaína.