Entre os mais de 50 mandados de prisão abertos em desfavor de autores de crimes tipificados no âmbito da violência doméstica, dois são cumpridos pela DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de , maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul.

As ações são coordenadas pela (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) em Campo Grande, com apoio das unidades em Dourados, Três Lagoas, Corumbá, Aquidauana, Jardim, Ponta Porã, Bataguassu, Coxim, Paranaíba, Fátima do Sul, e Naviraí.

Um dos procurados, de 40 anos, foi condenado pelos crimes de lesão corporal e ameaça no contexto da violência doméstica, além de prática do crime de tráfico de entorpecentes e também pelo delito de homicídio tentado.

O segundo mandado é contra um homem de 43 anos, condenado pelos crimes tipificados no artigo 21 do Decreto-lei nº 3.688/41 e no artigo 147, caput, do Código Penal, ambos no contexto da violência doméstica.

O autor tem diversas passagens por crimes no âmbito da violência doméstica, quais sejam: lesão corporal, descumprimento de medida protetiva, ameaça, incêndio qualificado e injúria, totalizando sete ocorrências registradas em desfavor do autor.

“Ainda esse mês, em razão do Agosto Lilás, a DAM ainda realizará outras atividades em prol do combate à violência doméstica”, explica a delegada titular da de Dourados, Ana Cláudia Pimentel Malheiros Gomes.