A mulher de Paulo Sérgio de Andrade, de 45 anos, confessou que matou o marido no último domingo (5), em , a 338 quilômetros de , com uma facada no tórax. No dia do crime, ela chegou a chamar socorro para o marido.

No dia do crime, a mulher contou aos socorristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que Paulo chegou em casa reclamando de dores no peito, mas depois que o corpo da vítima foi enviado ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) foi realizado o exame necroscópico, sendo constatada a morte em razão de choque hipovolêmico, decorrente de lesão por branca.

Durante as investigações, através das imagens de câmeras de segurança vizinhas à casa da vítima e depoimentos colhidos com testemunhas, foi apurado que na verdade teria ocorrido um homicídio, e que a suspeita do crime seria a esposa de Paulo.

Ela foi intimada e na acabou confessando o crime. A mulher alegou legítima defesa, dizendo ao delegado Ricardo Henrique que, após sofrer agressões e ameaças de morte, conseguiu se desvencilhar da vítima, e com uma desferir um golpe atingindo o tórax de Paulo.

A mulher foi indiciada suspeita da prática do crime de homicídio.

Saiba Mais