Marlon Ozias Santana, de 29 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande, cinco horas após dar entrada na unidade de saúde depois de ser esfaqueado em uma briga em frente a uma conveniência no Conjunto José Abraão, em Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrência, o irmão de Marlon contou que o autor havia ‘mexido’ com a esposa da vítima tempos atrás. Por conta disso, na época a vítima e o irmão bateram no autor.

Desde então, os irmãos eram ameaçados pelo assassino.

Por volta das 23h de domingo (5) o autor, em posse de uma faca, golpeou a vítima, que foi socorrida até a e depois encaminhada à Santa Casa, onde não resistiu e faleceu às 5h36. Ele havia chegado ao com ferimento no tórax, sedado e intubado, durante avaliação para cirurgia, teve uma parada cardiorrespiratória. O corpo foi encaminhado para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal).

Foram feitas diligências, mas o autor das facadas ainda não foi encontrado. O caso é investigado como homicídio simples e tentativa de homicídio simples.

Saiba Mais