Uma moradora em situação de rua, de 38 anos, foi agredida com golpes de facão na manhã desta sexta-feira (24) ao pedir por alimentos em uma no Bairro Tiradentes, em . Ela alegou que o autor seria um dos vigias de rua que fazem monitoramento particular das ruas no entorno.

Segundo informações do boletim de ocorrência, ela informou que o dono da padaria costuma dar algo para ela comer quando não tem dinheiro. Ao chegar ao local e pedir por comida, ela disse que um dos dois vigias que estavam próximos a agrediu com golpes de facão, além de socos e chutes.

A mulher ainda disse que o vigia teria dito “não tem nada para você aqui (sic)”. Em seguida, ela decidiu sair do local e afirma ter sido perseguida por duas quadras pelos vigias, que estavam em um carro Corsa Classic.

Segundo ela, os dois ainda teriam tentado colocá-la no porta-malas e a agredido novamente. Ela procurou a Polícia Civil e registrou boletim de ocorrência por lesão corporal dolosa.