Está em investigação a morte do menino de 12 anos, vítima de um disparo acidental de arma de fogo na noite de sábado (25), em Campo Grande. A suspeita é que ele tentava tirar uma foto.

Conforme relato de uma familiar, o menino foi encontrado com a na mão esquerda e o celular ao lado direito do corpo. Como ele era destro, a suspeita é de que ele tentava tirar uma foto.

O fato aconteceu na residência da família, no Coophavilla II. A arma pertencia ao avô da criança, que seria um segurança particular.

Ainda é apurado como a arma era guardada. O caso foi registrado na (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher).