Na última semana, residência de uma mulher de 48 anos foi alvo de disparos de arma de fogo em , a 291 quilômetros de Campo Grande. Ela é acusada de usar um perfil falso no Facebook para ofender servidores públicos da cidade.

O crime teria acontecido na última semana, quando quatro disparos foram feitos na janela do quarto da mulher. Os disparos chegaram a entrar e atingiram o guarda-roupas.

Assim, conforme o Jornal da Nova, a moradora não estava em casa no momento. No entanto, outra pessoa estava na casa, mas não foi atingida.

Foi feita perícia na residência e o caso é investigado pelo SIG (Setor de Investigações Gerais).

Afastada da prefeitura

Funcionária da foi afastada por envolvimento com crimes de injúria. Ela seria comparsa da outra mulher, dona de um perfil em rede social, usado para ofender servidores municipais.

Conforme publicação da prefeitura, também é apurado vazamento de informações por parte dessa servidora. Então, foi instaurada sindicância administrativa para investigação e, neste período, a funcionária fica afastada das funções.

Também segundo a prefeitura, a mulher atuava no CEM (Centro de Especialidades Médicas), no laboratório municipal.

Perfil Maria do Bairro

No dia 19 de janeiro foi deflagrada a Montenegro, para apurar crimes de injúria em Ivinhema. Conforme a Polícia Civil, a ação foi coordenada pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) e cumpriu três mandados de busca.

Ainda de acordo com a polícia, as denúncias começaram em julho de 2022, apontando para o perfil falso com nome de ‘Maria do Bairro’.

Este perfil estaria publicando mensagens ofensivas contra os servidores e foi iniciada investigação. Então, foi realizada a operação, sendo a mulher de 48 anos responsável pela conta ‘fake’ identificada.

No entanto, ela também contava com ajuda de outras pessoas para fazer as publicações. Com a operação, foram apreendidos dois celulares, que serão periciados.

Já a autora confirmou o crime, mas não deu outras declarações à polícia. A operação foi denominada Montenegro, em alusão à Soraya Montenegro, personagem opositora de Maria do Bairro em uma telenovela.

Assim, a suspeita foi indiciada por injúria e difamação.