Na tarde desta terça-feira (7), incêndio em uma residência no , em Campo Grande, terminou com a prisão de uma mulher. Ela teria deixado as crianças vivendo em situação insalubre e tentava apagar o fogo com as crianças dentro da casa.

Conforme as primeiras informações, vizinhos perceberam o incêndio e entraram na residência, socorrendo as crianças. O fogo teria começado por causa de uma pane elétrica.

Assim, foram retirados do local um menino de 2 anos e a irmã mais velha, mas que também é uma criança. Polícia Militar foi acionada e precisou conter a das crianças.

Isso porque foi percebido no local a situação insalubre em que as crianças viviam. Também foi identificado ferimento no rosto de uma das crianças, possível marca de agressão.

O menino mais novo precisou ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, levado para a (Unidade de Pronto Atendimento) do Universitário. Ele teria inalado muita fumaça.

Ainda foi acionado o Conselho Tutelar para acompanhar o caso. Já a mãe das crianças foi presa, encaminhada para a DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Segundo vizinhos, a mulher é usuária de drogas e tentava apagar o incêndio com as crianças fechadas dentro da casa. Foi preciso que um vizinho arrombasse o portão e retirasse as crianças.

Saiba Mais