Um acidente entre um carro e uma terminou com a morte de uma mulher, de 52 anos, ainda não identificada, no centro de , na manhã deste sábado (9). A colisão ocorreu, por volta das 7 horas, no cruzamento da Rua Antônio Maria Coelho e Rua Bahia. Jornalista nomeado na Segov (Secretaria de Governo) estava dirigindo o carro que causou o acidente e teria se recusado a fazer o teste do bafômetro.

Informações apuradas pelo Jornal Midiamax são que o carro Toyota Etios, veículo oficial da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), era conduzido pelo jornalista Guilherme Pimentel. Ele estava muito abalado no local do acidente.

O automóvel seguia pela Rua Antônio Maria Coelho quando bateu contra a motocicleta Honda Biz no cruzamento da Rua Bahia. Não há informações sobre para quem o sinal estava aberto. Com o impacto da batida, a motocicleta bateu em um Virtus estacionado, que ficou com a traseira danificada.

A motocicleta parou embaixo do veículo Etios e a garupa morreu na hora. O piloto da motocicleta foi atendido pelo Militar de Mato Grosso do Sul e encaminhado para uma unidade de saúde. A princípio, o caso dele seria grave.

Segundo o Portal da Transparência do Governo do Estado, a remuneração do servidor público Guilherme Pimentel é de R$ 14.882,48.

Em nota, o Governo disse que irá apurar as circunstâncias do acidente. Confira a nota na íntegra:

“O governo de Mato Grosso do Sul tomou conhecimento, no começo da manhã deste sábado (9), do acidente de trânsito que lamentavelmente terminou com óbito em Campo Grande, envolvendo um servidor conduzindo um veículo oficial. O mesmo será imediatamente afastado de suas funções.

O governo de Mato Grosso do Sul se solidariza com a família da vítima deste trágico acidente, e comunica que irá apurar o uso do veículo e tomará as devidas providências com o servidor em questão, sempre se pautando pelo estrito cumprimento da lei.”

Trânsito

O trânsito ficou congestionado no cruzamento do acidente. A Rua Bahia ficou com apenas uma faixa liberada para fluxo, enquanto a Rua Antônio Maria Coelho ficou totalmente interditada. A Polícia Militar está no local e a perícia é aguardada. 

(Matéria editada às 09h27 para acréscimo de posicionamento do Governo)