Um homem de 27 anos, suposto integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital), e suspeito de executar o policial militar, Juciel Rocha Professor, no ano de 2019, em , a 159 quilômetros de Campo Grande, foi preso nesta quinta-feira (12), na cidade de Primavera do Leste, no Estado de Mato Grosso.

De acordo com o Portal MT, a equipe da Especializada de Roubos e Furtos da Polícia Civil recebeu a informação de que o suspeito estava escondido na cidade. Durante diligências, os investigadores confirmaram o paradeiro do criminoso e o localizaram, sentado na frente de um conjunto de quitinetes.

Ele foi encaminhado para a delegacia da cidade para a formalização do mandado de prisão definitiva decretado pela Comarca de (MS). Em seguida, foi enviado à cadeia pública local.

Crime

Juciel Rocha Professor, 25 anos, foi executado com pelo menos cinco tiros. Segundo informações do site de Maracaju Speed, o militar estava em uma lanchonete com amigos e a namorada, quando uma em moto chegou ao local.

O garupa desceu do veículo e, sem tirar o capacete, foi até onde o PM estava sentado, atirou várias vezes, fugindo em seguida. A vítima estava sentada de costas para o autor e não teve tempo de reagir. Ele foi atingido na região da cabeça e morreu na hora.

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que o autor, que vestia um moletom escuro, entra na lanchonete e vai até a mesa onde o policial estava sentado com amigos e a namorada. Informações obtidas pelo Midiamax é de que o policial estava sendo ameaçado há algum tempo.