Lídia Gomes Martins, 45, morreu na tarde desta terça-feira (7), no da Vida, em Dourados. Ela era moradora da Aldeia Serrito, em Eldorado, e foi esfaqueada na última sexta-feira (3) pelo marido.

Segundo informações policiais, Lídia foi atingida pelo menos sete vezes pelo marido, que foi preso pela polícia de Eldorado no mesmo dia da ocorrência e autuado por crime de feminicídio. O crime aconteceu na noite de sexta-feira em uma rural localizada na comunidade indígena.

Ainda de acordo com a polícia, a vítima teria sido morta por suspeita de traição. Com golpes no tórax, Lídia foi levada inicialmente para uma unidade de Eldorado, mas precisou ser transferida para o Hospital da Vida.

Saiba Mais