Homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo durante contra pescado ilegal, nesta segunda-feira (20), em . A PMA (Polícia Militar Ambiental) realizava barreiras policiais no município de no escopo da Operação Piracema, com o intuito de coibir o transporte irregular de pescado. Quando realizou a abordagem de uma caminhonete, conduzida por um morador daquele município.

De acordo com a polícia, durante vistoria veicular, no porta-objeto localizado entre os bancos do condutor e do passageiro, foi localizada uma arma de fogo do tipo pistola, marca Taurus, modelo PT 92 AF-D, calibre 9mm, alimentada com carregador contendo 16 (dezesseis) munições, além de um carregador sobressalente com 10 (dez) munições.

Questionado sobre o armamento, o homem apresentou o registro da arma de fogo, porém não possuía documento que lhe autorizasse o porte. Acerca do transporte da arma, o autor apresentou uma Guia de Tráfego Especial para o transporte da arma da cidade de Marechal Cândido Rondon (PR), sem local de destino específico, contudo, a GTE, nos termos do item 4., possuía a seguinte finalidade específica: “o(s) produto(s) controlado(s) objeto(s) da presente GTE está(ão) autorizado(s) a ser(em) transportado(s) para utilização em abate de controle de fauna exótica invasora, do local de origem para o(s) local(ais) e período(s) autorizado(s) pelo IBAMA”.

Segundo a polícia, o autor também não possuía Autorizações Ambientais de Controle de Espécies Exóticas Invasoras, expedidas pelo Ibama. Demonstrando, desse modo, que não estava se deslocando para desenvolver a atividade de (javali). Diante da falta do documento de porte e de autorizações ambientais válidas, foi feita a da arma e das munições, e encaminhadas, juntamente com o Acusado, até à Delegacia de Polícia Civil de Iguatemi, sendo este preso em flagrante delito pelo Porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.