Policiais da de Caarapó cumpriram um mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de um homem de 48 anos por violência doméstica. De acordo com a polícia, contra ele havia medidas protetivas de urgência, dentre as quais o afastamento de sua ex-convivente.

Porém, desde novembro, passou a perseguir a vítima e a monitorá-la no retorno do trabalho, além de ter enviado dezenas de áudios com injúrias e ameaças de morte.

Com o da relação, ele chegou a agredir a mulher nos últimos dias. Autoridade policial responsável pela investigação representou pela prisão preventiva do autor, que foi cumprida minutos após o deferimento pelo Juízo da 1ª Vara da comarca.

Saiba Mais