O sócio proprietário de uma oficina localizada em Campo Grande acionou a polícia nessa terça-feira (7) para denunciar a funcionária, de 21 anos, que desviou um ‘salário’ de R$ 6,5 mil durante nove meses para pagar compras em lojas como a Shein, Magazine e Groth Supplements. 

A jovem foi contratada na oficina há dois anos, tida como uma pessoa altamente qualificada para a função que desempenha. O sócio explicou que a movimentação financeira da oficina gira em média de R$ 100 mil por mês. Ciente do valor, a jovem desviou R$ 6,5 mil para sua conta pessoal, acreditando que “não faria falta e ninguém ia ver”, de acordo com o boletim de ocorrência. 

À polícia, a vítima apresentou os comprovantes de pagamentos efetuados, no entanto eram diferentes dos boletos oficiais da oficina, que deveriam ser pagos as distribuidoras, mas não foram.

Diante dos fatos, o caso foi registrado como “apropriação indébita, qualificada se o agente recebeu a coisa em razão de ofício, ou profissão” na 4ª DP (Delegacia de Polícia Civil) de Campo Grande. 

Saiba Mais