Durante audiência de custódia, na manhã desta quinta-feira (9), foi decretada a preventiva da mulher de 23 anos flagrada com drogas em forma de “jujuba” durante operação da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

A defesa da mulher pediu pela liberdade provisória sem fiança, alegando que o entorpecente encontrado na residência era do esposo dela, que fugiu no momento que a polícia chegou ao local.

“Evidente que a mesma sofre violência doméstica por parte de seu companheiro que se evadiu do local quando da chegada da polícia, sendo que franqueou a entrada e não causou qualquer atrapalho nas buscas. A mesma trabalha o dia todo e não tem correlação com a venda dos ilícitos apreendidos”, diz o pedido da defesa.

Já a decisão do foi de converter a prisão em para prisão preventiva, com parecer favorável do Ministério Público. O companheiro da jovem não foi localizado pela polícia.

(Foto: Henrique Arakaki/Jornal Midiamax)