Uma mulher, de 23 anos, foi presa em flagrante por tráfico de drogas, durante a Operação da Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) contra agressores na manhã desta quarta-feira (8). Entre as drogas localizadas na residência da mulher, havia um sintética feita em molde de balas “jujuba” que eram oferecidas para .

(Foto: Henrique Arakaki/Jornal Midiamax)

Foram cumpridos 15 mandados de prisão preventiva, de 26 expedidos, contra agressores. No Bairro Cristo Redentor, em uma casa, cujo um proprietário era alvo da operação, policiais encontraram várias tipos de drogas, como LSD, maconha, e uma droga sintética que imitava a balinha ‘jujuba’ e que era oferecida a crianças. No local ainda foi apreendida uma de fogo, utilizada para ameaçar a ex-mulher, que registrou boletim de ocorrência por violência doméstica contra ele.

Com a chegada da polícia, o homem fugiu do local e a atual esposa foi presa em flagrante. Ela foi encaminhada à Deam para prestar esclarecimentos a respeito do companheiro, que tem mandado de prisão e será encaminhada junto à droga para a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

A operação iniciou às 5h e contou com a participação de cerca de 20 policiais. A maioria dos mandados de prisão foi expedida por descumprimento de medida protetiva.

Em outro ponto, na Rua 14 de Julho, houve resistência de um dos alvos. O homem morava e trabalhava em uma galeria e impedia que os policiais entrassem no local, mas após insistência o mandado foi cumprido.

Todos os presos serão ouvidos e irão direto para o presídio.

A delegada Maíra Pacheco lembrou que todos os dias policiais cumprem mandado de descumprimento de medida protetiva e de rompimento de tornozeleira.

A titular da delegacia, Elaine Benicasa, disse ainda que desde o dia 27 de fevereiro ocorre a Operação Átria, nacional e de caráter permanente. Hoje, inclusive, há ações nas delegacias do interior.

Saiba Mais