Continua desaparecida em , a 330 km de Campo Grande, a adolescente Geovana Souza Dias, de 16 anos. Há quase quatro meses, familiares e amigos vivem angustiados sem da adolescente. Mais de 50 pessoas próximas a menina e que estiveram com ela nos últimos dias antes de desaparecer já foram ouvidas pela polícia.

Geovana saiu de casa na noite do dia 8 de julho, de bicicleta, para ir a uma festa julina, no centro da cidade, mas não chegou à festa e nem retornou para casa. A irmã da adolescente, Camila Marasmo, de 30 anos, disse ao Jornal Midiamax que a família segue sem novas pistas de Geovana, mas mantém contato direto com a polícia na esperança que ela seja encontrada.

Apenas o aparelho celular e a bicicleta da menina foram encontrados. O celular passou por checagem, mas nenhuma informação importante foi encontrada para colaborar com a investigação.

Sumiço

Geovana sumiu ao sair para ir a uma festa julina na cidade. O boletim por desaparecimento foi registrado no domingo (9 de julho) pela irmã de Geovana, que estranhou o fato da menina não dar notícias.

A adolescente saiu de casa por volta das 20h para ir a uma festa, mas não chegou ao destino e não retornou para sua casa. No dia do desaparecimento, Geovana estava vestindo uma blusa verde brilhosa, calça preta e tênis branco. A bicicleta que ela usou para ir à festa foi encontrada próximo de onde o celular foi achado, perto de um quebra-molas na Rua Quenenciano Cecílio de Lima e do cruzamento com a Rua Olivia Maria Vieira.

Qualquer informação que possa auxiliar nas buscas, pode ser repassada para a Delegacia de Taquarussu, pelo telefone: (67) 99223-0178.