Esposa de Aparecido Donizete Martins, de 63 anos, e madrasta de Naique Matheus Sotareli Martins, de 28 anos, estava aos fundos do comércio onde morava com o marido, momento em que escutou os . Ao sair, ela se deparou com o marido e enteado mortos.

A mulher, de acordo com a polícia, então entrou em pânico e teve que ser atendida pelo Corpo de Bombeiros. O crime aconteceu por volta das 18 horas desta quarta-feira (25), na conveniência de Aparecido na Vila Santo Eugênio, em Campo Grande.

Aparecido foi executado a tiros junto com o filho em frente ao comércio. A dupla fugiu após o crime e se envolveu em acidente.

Após a colisão, a de um deles chega a cair ao solo. O autor que pilota liga a e ambos fogem. Pensando que os dois iriam parar, devido ao acidente, o condutor do carro chega a ir atrás dos dois. A informação é a de que eles fugiram. A polícia faz diligências atrás deles. Aparecido já foi preso por causa de um homicídio ocorrido em 2014, no mesmo bairro.

Saiba Mais