Um homem de 35 anos, condenado por estupro de vulnerável, foi preso na manhã desta terça-feira (25) no Bairro Moreninhas, durante a Operação Mato Seco, deflagrada pela (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), com apoio do (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) e da DPE (Delegacia de Repressão a Entorpecentes), da Polícia Civil do Mato Grosso. Contra ele havia mandado de em aberto.

Conforme explicado pelo delegado André Mendonça, da Denar, o preso não era um dos alvos da operação, mas foi encontrado com mandado em aberto em um dos endereços onde foi cumprido mandado de busca e apreensão. “A condenação dele é do ano de 2021 e ainda vamos investigar se ele tem ligação com os presos por tráfico hoje, já que estava em um dos imóveis”, explicou o delegado.

Na época, em junho de 2015, a vítima era enteada do autor e tinha 10 anos. O padrasto pedia para os outros enteados, irmãos da menina, irem comprar refrigerantes no mercado próximo e ficava sozinho na residência com a menina, momento em que aconteciam os abusos.

“Ele mandava os enteados no mercado e se trancava com a vítima no quarto, sem a presença da mãe na residência”, explica Mendonça. O autor será encaminhado para o presídio.