Mesmo contando para sua que sofria abusos de seu pai, uma menina de 13 anos foi desacreditada pela mulher que afirmou que a filha ‘provocava’ o homem usando curtas. O caso aconteceu em uma cidade de Mato Grosso do Sul.

O homem acabou condenado a 15 anos e 9 meses de prisão, com decisão publicada em Diário da Justiça dessa segunda-feira (13). A menina relatou os estupros para a diretora da escola que acionou a polícia.

O crime aconteceu em 2018, e segundo o relato da menina, o pai a chamava para sentar no sofá com desculpas de massagens e abusava dela. Ele ainda fazia ameaças dizendo que mataria a todos, caso ela contasse para alguém.

A menina revelou os fatos para sua mãe, mas a mulher disse que a filha iria acabar com seu casamento e que ela provocava o pai usando roupas curtas. O Conselho Tutelar na época foi acionado. 

Saiba Mais