Cinco homens, com idades entre 32 e 53 anos, foram presos em na terça-feira (21) após furtarem e ‘depenarem’ um Chevette de cor branca no em Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrência, uma vizinha avisou a família que haviam entrado na residência e furtado o veículo, por volta das 12h. O carro estava na casa do pai da vítima, que faleceu, e após o óbito a residência ficou fechada com o carro lá até a providência do inventário.

No mesmo dia, a polícia foi acionada para averiguar a situação com a informação de que vários homens teriam entrado na residência e furtado o veículo, que foi rebocado por um caminhão. Foi constatado no local que a casa estava sem o portão e com as janelas quebradas. Na via foi verificado marcas de que algo pesado foi arrastado.

Em rondas, a polícia localizou o veículo no cruzamento das Ruas Betoia e Caraíba sem as rodas, sem a parte interna e sem motor, somente a carcaça. O veículo ainda estava sendo rebocado por um caminhão Ford F4000 de cor azul. No local, três homens foram abordados.

Eles relataram que compraram o carro por R$ 300 e que a compra foi intermediada pelo dono de uma oficina e indicou quem seria o dono e o vendedor. Disseram ainda que foram na residência indicada, engataram o veículo no caminhão e o arrastaram.

O suposto vendedor contou à polícia que morava de favor na residência e que teria recebido o veículo de da proprietária, mas não soube informar nome de ninguém.

A filha do dono do veículo, contou que o pai faleceu há um mês, desde então vários furtos têm ocorrido na casa, desmentindo o homem que teria dito que morava de favor.

Os cinco foram presos em flagrante por furto qualificado com destruição ou rompimento de obstáculo e qualificado mediante concurso de pessoas. Os veículos foram encaminhados para a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Furtos e Roubos de Veículos).

Saiba Mais